New Music International Festival 2013. De 30/11 a 08/12.
Novas Frequências 2013

Tim Hecker (08/12)

Tim Hecker 1
Tim Hecker 3
Tim Hecker 2

Data/Local:

Kranky, Canadá

“Um mestre da música atmosférica”
BBC

“Pelo menos pra mim, é fundamental que a auralidade da experiência tenha primazia nas apresentações ao vivo. Tento negar o aspecto visual o máximo possível. Eu gosto da escuridão mais do que tudo”.
Tim Hecker

Tim Hecker é um músico e artista sonoro nascido em Vancouver, no Canadá, que explora em seu trabalho as interseções entre o noise, a dissonância e a melodia. Utilizando guitarra, muitos pedais, sintetizadores e retro-alimentação, Hecker produz peças imersivas e abstratas onde as notas e os acordes se movem de maneira extramamente lenta e intensa.

No início da carreira, Hecker produzia e gravava música eletrônica percussiva sob a alcunha Jetone. Seu estilo mais recente toma corpo a partir do momento em que os interlúdios de suas músicas de pista iam se tornando cada vez mais rebuscados. Com dez álbums no currículo, Hecker se consagrou globalmente em 2011 com Ravedeath, 1972. Apontado como um dos melhores trabalhos do ano pela crítica especializada, o álbum em questão foi gravado numa igreja em Reykjavik, na Islândia, utilizando como fonte sonora primordial um órgão de tubo.

Tim Hecker ainda desenvolve trabalhos para dança contemporânea, instalações de arte sonora e textos acadêmicos. Já participou de festivais importantes como Mutek, Sónar e Club Transmediale e hoje termina um PHD sobre a história do som na Universidade de Mcgill, em Montreal, cidade onde mora há cerca de 10 anos.

Site
Twitter
Facebook

 
Comments
 
Random Items